Hipnose

Quais são as 5 principais causas da impotência sexual?

A sexualidade é uma importante função na vida da maioria das pessoas adultas. Por isso, problemas que impedem o pleno funcionamento da atividade sexual podem gerar transtornos.

Nesse ponto, é preciso cuidado: passar por problemas sexuais é algo comum e que pode ser resolvido, desde que a pessoa procure lidar com a questão da maneira adequada. Isso significa que ela deve se concentrar em identificar a origem da dificuldade que vem enfrentando para adotar as medidas recomendadas.

Em síntese, existem cinco possibilidades de causas da impotência sexual, podendo ela ser emocional, orgânica, ocasionada por hábitos ruins, pelo uso excessivo de alguns medicamentos e, ainda, ser decorrente do excesso de peso.

1. Causas ligadas ao emocional

É importante destacar que a maioria dos casos de impotência sexual estão relacionados a causas emocionais, o que envolve fatores como ansiedade, medo e estresse. Saiba mais detalhadamente a seguir.

Ansiedade

As causas da impotência sexual ligadas ao emocional podem ser variadas, envolvendo questões como a ansiedade. Isso atinge, principalmente, os mais jovens que, diante da expectativa das primeiras relações, podem encontrar dificuldades.

É natural que as primeiras experiências sejam cercadas por insegurança e tensão. Entretanto, é preciso que isso não saia do controle, pois pode gerar problemas futuros para a vida afetiva da pessoa.

Apesar de estar mais associada aos mais jovens, a ansiedade pode também afetar o público mais maduro, inclusive idosos.

Medo

O medo é uma reação natural de defesa do ser humano, que pode até ser positivo, em alguns momentos. Em casos em que ele serve para nos proteger de algum risco, sua função revela-se evolutiva.

Por outro lado, ele pode surgir diante de situações em que se faz desnecessário, como no momento da atividade sexual. O medo pode acontecer quando existe um excesso de preocupação da parte do homem em agradar a parceira, por exemplo.

Nesse caso, trata-se de uma questão psicológica que pode ser tratada com orientação e paciência pelos envolvidos na atividade sexual.

Problemas financeiros

Os problemas financeiros costumam estar na origem de uma série de inconvenientes no mundo atual. Em um cenário de inflação e desemprego, como o que afetou o Brasil nos últimos anos, isso tende a se potencializar.

A impotência em função de problemas financeiros pode ocorrer em situações em que o homem precisa lidar com as despesas da casa, mas não se vê em condições de quitá-las. Ao longo do tempo, essa dificuldade sexual pode se agravar e tornar-se ainda mais difícil de ser revertida.

Além disso, existe também a instabilidade profissional, que faz com que o homem se preocupe constantemente com questões como a perda do emprego e não consiga relaxar.

Estresse

Uma vida acelerada, sem tempo para que a pessoa respire fundo e aproveite momentos de distração, também pode ser uma das causas da impotência sexual.

É importante destacar que o ritmo de vida da sociedade moderna interfere significativamente nesse processo. A rotina, principalmente nas grandes cidades, com trânsito caótico, preços altos e pouca paciência por parte das pessoas, costuma ser um convite ao estresse.

É comum ver casais que se formam e passam a viver em função da criação dos filhos, preocupando-se demasiadamente com a manutenção do que sustenta a família. Em casos assim, situações de estresse no ambiente de trabalho e até dificuldades no relacionamento tendem a potencializar a questão emocional no problema da impotência.

Depressão

Um dos grandes males da vida moderna, a depressão também pode comprometer a atividade sexual de uma pessoa. Nesse caso, é preciso cuidado. A depressão, quando não tratada da maneira correta, pode levar a sérias consequências, muito mais graves do que a que envolve a questão sexual.

É bom lembrar que, nesse caso, estamos diante de um quadro psicológico mais grave Sendo assim, a indicação é por um profissional que saiba lidar com o problema da depressão como um todo.

Diante de sinais de depressão, é necessário que seja feito o diagnóstico correto para que o problema seja tratado na sua origem.

Traumas

Muitas vezes, eventos ocorridos na infância e não tratados podem estar na origem de problemas sexuais atuais.

Traumas decorrentes de situações extremas, como abusos sexuais ou uma repressão muito forte sofrida pela pessoa, seja pelos familiares, seja por outras pessoas, também devem ser considerados quando se buscam as causas da impotência sexual.

Trata-se de outro tipo de problema ligado ao fator emocional que precisa ser resolvido, antes que a pessoa considere fatores orgânicos.

2. Causas de origem orgânica

As causas da impotência sexual de origem orgânica também podem ser variadas. Entre elas, podemos destacar problemas vasculares de origem arterial, hormonais e as alterações anatômicas do pênis. O problema mais comum é o que afeta a parte hormonal, que em geral está relacionada ao envelhecimento ou a outros problemas relacionados a baixas na testosterona.

Já no que se refere a problemas vasculares, o que pode ocorrer é uma ereção que não consegue se manter por muito tempo, devido à pouca capacidade que a pessoa tem de enviar sangue para as regiões necessárias.

Nesse caso, é preciso verificar junto a um profissional se não existe uma doença crônica que impede a prática sexual. Além disso, é necessário avaliar, por meio de exames, se a dosagem sanguínea dos hormônios da tireoide, da testosterona e da prolactina são adequados para que exista um ambiente hormonal favorável à ereção.

É preciso atuar no controle e, se necessário, no combate a doenças crônicas, no equilíbrio do ambiente hormonal e na suspensão do uso de drogas que podem estar contribuindo com o quadro de impotência sexual.

Neste caso, não é possível resolver o problema sem contar com o auxílio de um especialista.

3. Causas relacionadas a hábitos de vida ruins

Alguns hábitos, como o uso excessivo de álcool, de drogas e o tabagismo, podem ser causas da impotência sexual. Entretanto, diferentemente das causas emocionais e orgânicas, nesse caso o problema de impotência pode ser pontual, não se estendendo a todas as relações sexuais nem a um período longo na vida do indivíduo.

É importante que a pessoa se conscientize de que existem hábitos saudáveis e outros que não são saudáveis. Seguir a segunda opção significa estar vulnerável a uma série de problemas que podem surgir, entre eles a impotência sexual.

Existem medidas que podem ser tomadas para que o homem melhore o seu desempenho sexual, simplesmente mudando seus hábitos. A primeira delas, certamente, é equilibrar a sua alimentação, procurando evitar a ingestão de alimentos prejudiciais ao organismo.

Da mesma forma, dar início à prática de atividades físicas também é algo que costuma trazer benefícios significativos. A questão é evitar o sedentarismo e passar a ter um modo de vida mais saudável.

Procedimentos alternativos, como a acupuntura e a meditação, por exemplo, também podem ser úteis nesse processo. Como a função sexual é um reflexo da saúde de uma maneira geral, cuidar do corpo tende a fazer com que a pessoa tenha melhores resultados junto a seu parceiro ou parceira.

4. Uso de medicamentos

Alguns remédios podem causar efeitos colaterais e, consequentemente, levar à impotência sexual. Medicamentos como antidepressivos, antipsicóticos e, ainda, anti-hipertensivos em doses elevadas contribuem com o surgimento de problemas no desempenho sexual.

Assim como no caso de hábitos ruins, eles podem se normalizar com a suspensão do medicamento. Porém, todo o processo deve ser acompanhado pelo médico.

Entretanto, não é sempre que os medicamentos podem ser deixados de lado. Pelo contrário: quando eles são necessários para a resolução de outros problemas na vida do indivíduo, envolvem questões muito mais complexas e, por isso, são receitados pelos profissionais.

Nesse caso, é importante cuidar para que o psicológico do homem não seja afetado com o período de dificuldade. Caso o uso do medicamento não seja prolongado, os problemas tendem a ser menores. Já quando seu uso deve-se a problemas mais sérios, o ideal é contar com o auxílio de um especialista para lidar com essa questão.

5. Excesso de peso

O funcionamento pleno das funções sexuais pode sofrer alterações relacionadas ao excesso de gordura corporal. Por isso, pessoas obesas ou com excesso de peso, podem sofrer de impotência sexual ou mesmo apresentar um baixo desempenho sexual por causa da condição do corpo.

O cuidado com a própria saúde é a dica básica para quem enfrenta problemas de impotência sexual. Quando você cuida do seu peso, ingerindo alimentos saudáveis e recomendados por especialistas, a tendência é que evite boa parte dos problemas de saúde que acometem as pessoas, inclusive aqueles que envolvem a prática sexual.

É preciso evitar a alimentação desregrada. Tendo critérios para se alimentar ao longo do dia, evitando lanchinhos fora de hora e, principalmente, antes de dormir, a pessoa começa a acostumar seu corpo e sua mente para uma alimentação mais racional e, consequentemente, mais vantajosa para o seu organismo.

Saiba como lidar com o problema

A busca por um médico deve ser o primeiro passo para descobrir qual das causas da impotência sexual é a que está afetando seu desempenho. A partir disso é possível buscar o melhor tratamento.

Em alguns casos, principalmente os que envolvem causas emocionais, existem terapias alternativas, que não envolvem remédios e que possuem um efeito mais rápido e duradouro.

Uma dessas terapias é a hipnose clínica. Nela é possível encontrar qual foi o gatilho que desencadeou o problema emocional relacionado ao desempenho sexual e, assim, tratá-lo de maneira eficiente, eliminando-o da sua vida.

A impotência sexual é um problema que pode ser resolvido. Basta a pessoa se conscientizar de que deve enfrentá-lo da melhor forma possível e começar com a identificação da causa.

É preciso, antes de tudo, superar o medo do constrangimento, uma vez que, recuperado do problema, o homem pode voltar a desempenhar sua vida sexual tão bem ou até melhor do que anteriormente, obtendo benefícios que justificam a procura por ajuda.

Agora que você já conhece algumas causas da impotência sexual, não deixe de assinar a nossa newsletter e se informar sobre outros conteúdos.

Sobre o autor

Rede Clínica da Hipnose

Rede Clínica da Hipnose

A Clínica da Hipnose é uma rede de Clínicas voltada para o bem- estar e equilíbrio emocional através da Hipnose Clínica. Hoje são 14 unidades no Brasil e 1 em Miami- Flórida nos Estados Unidos. Mais de 8 mil pessoas transformaram suas vidas com as técnicas empregadas.

Deixar comentário.

Share This