Hipnose

Afinal, como a hipnose funciona?

O hipnotismo vem sendo popularmente abordado em filmes, séries de TV e revistas em quadrinhos há anos. Infelizmente, esses produtos de entretenimento mostram o quanto as pessoas têm uma compreensão estereotipada de como a hipnose funciona. Basicamente, mostram-na mais como um show destinado a divertir espectadores, mas não dão uma ideia precisa do que é a hipnose.

Neste post, temos o objetivo de quebrar o mito de que a hipnose é uma diversão de palco para entreter as pessoas. Você verá como ela funciona e como pode ajudar nos mais variados quadros clínicos. Confira!

Afinal, o que é hipnose?

A hipnose é uma técnica que possui o objetivo de desenvolver um controle duradouro, saudável e sustentável sobre seu próprio comportamento. O hipnotismo coloca você em um estado de “concentração focada” durante o qual você está vagamente consciente do mundo a sua volta — você simplesmente não se preocupa com ele.

Como? O hipnotizador toca o subconsciente do hipnotizado e usa “sugestões” que são parte da hipnoterapia. Esse termo, às vezes usado em substituição ao hipnotismo, simplesmente descreve o material sugerido para você enquanto é hipnotizado, para ajudar a melhorar sua vida após o término da sessão.

Muitas vezes, as sugestões são imagens, como imaginar seu braço entorpecido, imaginar-se relaxado, em vez de ordens como para “parar de doer”, por exemplo.

Método de terapia reconhecido e utilizado por profissionais da saúde

Ao longo da história, o hipnotismo teve uma reputação um tanto ruim. Tudo começou no final do século XVIII, quando Franz Mesmer — médico alemão que introduziu o hipnotismo na medicina — foi acusado de práticas de cura fraudulentas e forçado a sair da França.

Pouco tempo depois foi descoberto que a hipnose possui potencial de cura genuíno. No entanto, foi explorada por charlatões e ilusionistas de circo o suficiente para permanecer associada à malícia e astúcia dessas pessoas.

Hoje, porém, a hipnose é tão popular quanto terapias alternativas convencionais. É reconhecida como terapia médica válida desde 1955 na Grã-Bretanha e desde 1958 nos Estados Unidos. Muitos médicos convencionais — particularmente anestesiologistas e cirurgiões — são treinados em hipnoterapia, assim como muitos dentistas, psicoterapeutas e enfermeiras.

Existem inúmeros estudos científicos sobre a eficácia da hipnose. Um deles, feito pelos cientistas David A. Oakley & Peter W. Halligan e publicado em 2013 na revista americana Nature Reviews Neuroscience, explica como ela funciona: a hipnose usa os poderosos efeitos da atenção e sugestão para produzir, modificar e aprimorar uma ampla gama de experiências e comportamentos subjetivamente atraentes.

O que acontece durante uma sessão de hipnose?

Na sessão de hipnose o paciente começará conversando com o profissional sobre seus requisitos e objetivos, antes de discutir e concordar com um plano de tratamento. Durante as sessões, você sentirá sua mente calma e pacífica e entrará em um estado de consciência aumentada, mas seu corpo ficará totalmente relaxado. Vale saber que:

  • o profissional não tem controle sobre o hipnotizado — você permanece no controle o tempo todo;

  • você ouvirá tudo o que ele lhe disser e também poderá se lembrar de tudo;

  • uma pessoa não pode ficar presa na hipnose;

  • é a própria pessoa quem se hipnotiza; o hipnotizador só a orienta durante o processo;

  • experimentamos hipnose naturalmente todos os dias, até certo ponto.

Possíveis efeitos nocivos

A hipnose pode ser perigosa se você sofre de alguma condição psiquiátrica grave — particularmente psicose, condições psiquiátricas orgânicas ou transtorno antissociais e de personalidade. Essas pessoas devem consultar um psiquiatra familiarizado com a técnica antes de tentá-la.

Como a hipnose funciona para ajudar as pessoas?

As perguntas mais comuns feitas quando as pessoas consideram o tratamento são: “A hipnose pode me ajudar realmente?”, “quais são os benefícios de procurar um hipnoterapeuta?”

Muitas pessoas ficam um pouco apreensivas a respeito da técnica como tratamento devido aos equívocos que veem na televisão ou nos filmes. Por isso, mostraremos a seguir como a hipnose pode ser útil no tratamento de quadros clínicos:

Trata vícios

Um vício se acumula ao longo do tempo. As pessoas nascem com certos temperamentos, predisposições e tendências para certos comportamentos. A genética, o ambiente, a educação e experiências da infância podem se combinar para tornar certas pessoas mais propensas ao vício do que outras.

Ela ajuda a recuperar o controle sobre seus pensamentos e ações, garantindo que as escolhas certas sejam feitas, aliviando os sintomas físicos do vício.

Ajuda na perda de peso

A hipnose é também uma ferramenta eficaz para ajudar pessoas que, por razões psicológicas, comem em excesso. Por meio das sugestões faladas anteriormente, é possível eliminar o desejo e a necessidade de alimento extra, ajudando no emagrecimento.

Controla dores crônicas

Doenças como fibromialgia, artrite ou enxaqueca deixam a pessoa em um estado de dor frequente a ponto de pensarem que nada possa acabar com seu sofrimento. Muitas vezes, nem os medicamentos ou a alimentação ajudam a gerenciar tais condições.

A hipnose pode ajudar no gerenciamento dessas dores, reduzindo a duração dos episódios e prolongando o tempo entre os ataques. Ela garante que você fique confortável e livre da dor durante o maior tempo possível.

Reduz o estresse

O estresse pode causar doenças graves como cardiopatias, hipertensão arterial, obesidade, diabetes e distúrbios do sono. Uma vida de estresse diário deixa o corpo constantemente em alto estado de alerta. Nesse ponto, um dos benefícios da hipnoterapia seria o aprendizado de técnicas simples de relaxamento e meditação.

Se você sente que não consegue controlar seus níveis de estresse com dieta, exercício e remédios, é hora de pensar sobre o que a hipnose pode fazer por você.

A hipnoterapia envolve colocá-lo em um profundo estado de relaxamento, dando à sua mente e ao seu corpo a oportunidade de recuperação e cura, experimentando o relaxamento que ela precisa desesperadamente.

Lida com problemas de infância

O tratamento de hipnose pode ajudar as pessoas a lidarem com problemas antigos de infância, os quais a maioria possui. Desde abusos graves até falta de autoestima, os problemas experimentados quando criança podem afetar um indivíduo na fase adulta, provocando a tomada de decisões não adequadas e prejudiciais.

A hipnose é uma ótima alternativa para se trabalhar as questões da infância e substituir essas mensagens negativas sobre si mesmo por sentimentos positivos.

Como você viu, a hipnose é considerada uma das formas mais seguras e eficazes de tratar problemas médicos modernos. É uma alternativa que pode ajudar pessoas que vêm sofrendo com problemas de ordem psicológica a terem melhor qualidade de vida. A hipnose funciona para questões que afetam tanto do corpo como da mente. 

Quer saber mais sobre a hipnose e como ela pode te ajudar? Então assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo periodicamente!

Sobre o autor

Rede Clínica da Hipnose

Rede Clínica da Hipnose

A Clínica da Hipnose é uma rede de Clínicas voltada para o bem- estar e equilíbrio emocional através da Hipnose Clínica. Hoje são 14 unidades no Brasil e 1 em Miami- Flórida nos Estados Unidos. Mais de 8 mil pessoas transformaram suas vidas com as técnicas empregadas.

Deixar comentário.

Share This